Hoi An – onde está o Vietnam?

Tchau Hoi An, não vou sentir muito sua falta, mas foi bom te conhecer.

IMG_9684
No ônibus de Hoi An para Da Nang.

Hoi An é uma das queridinhas do turismo no Vietnam, você vai encontrar muitos posts falando sobre suas lanternas, sobre a área tombada como patrimônio cultural pela Unesco, roupas sob medida, praia. A cidade tem tudo isso sim mas… É tudo muito turístico e parece que sempre querem te vender algo, tudo parece preparado para o turista, o que dá um ar “falso” à cidade. Eu bem que tentei achar lugares mais autênticos, onde não fosse vista apenas como uma carteira de dólar, mas confesso que não tive muito sucesso. Essa visita me fez refletir sobre o turismo.

 

Acho o turismo necessário e parte da vida moderna. Mas é preciso pensar como praticamos essa indústria – turistas e comunidades locais. No caso de Hoi An, a idéia de ver o turista como fonte de renda, a meu ver, foi levada ao extremo, deturpando a cultura local. Estou no Vietnam a um mês e meio e estive por vários lugares, mas em Hoi An foi onde encontrei pessoas mais agressivas com relação ao turista. A sensação é de que sempre estão tentando te passar a perna.

Exemplos:

  • No mercado: Perguntei o preço de um filtro de café. Começou com 50k e terminou com 20k com uma vendedora. Com outra, já começou com 30k. Não comprei.
  • Estacionar bicicleta: geralmente eles cobram estacionamento de bicicletas. O que até é aceitável a princípio. Mas no centro da cidade, fui tentar estacionar minha bike onde haviam outras bikes de locais estacionadas e não deixaram. De uma maneira muito rude, me mandaram para o outro lado da rua, onde teria que pagar. Isso aconteceu em dois lugares. Aí achei um local onde não tinha ninguém perto e deixei lá sem pagar.
  • Ponte japonesa: cobram 150k para atravessar a tal ponte japonesa para a cidade anciã. Há várias pontes pra lá, peguei outro e não paguei. O problema aqui nem é pagar, mas aqui lá do outro lado não tem nada! Só mais lojas e nada que mereça os 150k.

Com esses exemplos, quero dizer que se focassem na quantidade de turista e cobrassem um preço ok pelas coisas – no caso do filtro,  se fosse 30k e eu soubesse que era esse preço em todo lugar, eu até compraria. Mas do jeito que é lá, você nem sabe qual o preço real das coisas e sai frustrado com a sensação de ser apenas mais um número, mais uma nota. Eu quero interagir com as pessoas, conversar, saber da história.

No caso do estacionamento. Se houvesse sinalização e mais simpatia por parte das pessoas eu pagaria 5k pelo estacionamento com o maior prazer (nem sei se era isso mesmo, no centro era capaz de ser uns 10 ou 20). Na praia paguei 5k. O problema é que parece que se você paga você está sendo trouxa, porque ninguém paga.

Quanto à ponte, eu não entendo porque esse preço, porque eu não vi nada do lado de lá que justificasse. Em Huê paguei 150k para entrar na Cidade Imperial, mas acho que valeu totalmente a pena. Em Hoi An, se fossem menos ambiciosos, talvez mais pessoas pagassem. Eu mesmo orientei um grupo de umas 10 chinesas que foram cobradas para entrar e não quiseram pagar, mesmo porque cobraram delas e não de outras pessoas que estavam passando por lá. Tá vendo? Você nunca sabe se está sendo feito de trouxa ou não.

Fora isso, no geral, as pessoas não são gentis com o turista, parece que sempre te vêem como uma nota mesmo. Se você não paga e não compra, já viram a cara pra você. Achei o lugar menos Vietnamita que visitei até agora, pela falta de simpatia das pessoas, pela cidade em si, pela falta de cafés, pelo excesso de hotéis com cara de ocidente, pela falta de banquinhas de comida na rua. Não me senti no Vietnam. Deve ser bom pra quem curte resort e levar um rotina como em casa (no ocidente), mesmo estando do outro lado do mundo.

Pontos positivos:

  • A praia é linda, na parte que não está assoreada por causa da intensa ocupação da orla, e tranquila. E não tive muita gente me vendendo coisa por lá e achei os preços nas barraquinhas justos.
  • Vi várias lojas de roupas e dizem que Hoi An é o melhor lugar para fazer roupas sob medida por um bom preço (não faço ideia dos preços).
  • As lanternas são lindas.
  • Há acomodação com preços bons (eu fiquei numa pousada maravilhosa, que mais parecia hotel, melhor hospedagem no Vietnam até agora, por 250k).
    IMG_8890
    Flor de Lótus no jardim da minha pousada.
    IMG_8896
    Sossego na praia. Prefira o lado esquerdo, que ainda não foi afetado pelo assoreamento.
    IMG_8912
    Lanternas na cidade anciã.
    IMG_8914
    Folhas de arroz secando na cidade anciã.
    IMG_9699
    Cerveja na beira do rio.
    IMG_2585
    De dentro do ônibus.

     

     

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s